Sobre o silêncio e sobre ainda ter algo para dizer

Olá pessoas...
       Retorno depois de um tempão afastada... a vida foi seguindo e me levando com ela. Havia outras urgências e prioridades. Pessoas novas. Aprendizados novos. Aconteceu tanta coisa por aqui que mal tive tempo de pensar e assimilar tudo. 
    Tudo começou com pequenas ondas que foram se tornando tsunamis, e mexendo demais com a forma como eu me relacionava com a vida. Um amigo me disse: cuidado com o que você publica!! Que imagem você está tentando criar pra você???
    Essa pergunta ficou durante muito tempo reverberando na minha cabeça e silenciando muito daquilo que eu gostaria de dizer e compartilhar... Não me importo muito com uma "reputação literária" que eu possa estar vindo a criar, me importa sim, o quanto esses meus pensamentos possam estar reverberando e fazendo sentido para alguém mais além de mim.
    A imagem que ilustra essa postagem retrata muito bem os motivos que me levam a escrever, seja sobre qual tema for: eu preciso liberar isso tudo que está passando aqui dentro para o mundo, liberar essas tantas palavras para ver se fora estando fora de mim podem começar a fazer mais sentidos.
    Eu sempre escrevi ao longo da minha vida. Seja para compartilhar os meus medos e dúvidas, seja para agradecer as muitas coisas maravilhosas que vem acontecendo, seja apenas para captar um momento lindo que vivi.  A escrita sempre foi algo terapêutico pra mim , e talvez agora, depois de tanto conteúdo, seja a hora de começar a escrever e sentir os efeitos que isso tudo está causando em mim. Sem maiores pretensões. Sem grandes ensinamentos. Apenas compartilhando e refletindo sobre essa aventura sem roteiros que é a vida.
    Retomo esse hábito por agora na esperança que as palavras me ajudem a encontrar um sentido maior para os fatos da minha vida.

Muita luz pra todos.

Um comentário:

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!