Bem vindo 2017

Oi gente...
         Recomeçando a escrever hoje... quase no finalzinho do primeiro mês do ano.

        É que aproveitei esse tempo todo pra fazer algumas mudanças importantes e tive muitos aprendizados.

      Aos poucos, vou começar a dividir com vocês tudo o que aprendi.

       Hoje, por exemplo, vou conversar sobre a importância de deixar as coisas se assentarem.

      Esse foi um aprendizado que levou algum tempo até que eu aprendesse a sua importância.

      Eu costumava ser uma pessoa muito imediatista: que queria resolver tudo muito rápido!! Respostas para as perguntas e soluções para os problemas a jato, sem considerar o fato de que algumas coisas levam tempo para serem resolvidas e de nada adianta se precipitar.

      O silêncio e o recolhimento antes de alguma decisão e depois de um aprendizado importante são essenciais para que as decisões sejam as mais serenas e acertadas e que os aprendizados realmente se solidifiquem.

      Percebi que nessa minha pressa em acertar logo, em achar o rumo, eu errei bastante e errei feio mesmo!! Na ânsia de fazer com que algo novo desse certo, acabei por abrir mão de coisas muito importantes pra mim e até mesmo deixei de escutar o que a minha essência estava realmente pedindo... hoje percebo que está tudo bem, porque isso também fazia parte do meu aprendizado.

         Ao invés de querer que tudo se resolva logo, tenho feito um esforço para apreciar o processo todo e visualizar a solução sendo construída aos poucos. 
Eu que sempre fui uma pessoa cheia de respostas, tenho feito muito mais perguntas e o fato de não saber as respostas não tem sido um motivo de frustração (pelo menos não com tanta frequência). 

     Apenas silencio e percebo que talvez esse seja o tempo necessário para que cada coisa vá para o lugar certo.
Os dias de dúvida e desânimo ainda existem mas com muito menos frequência, e, quando eles chegam, eu percebo que está na hora de fazer algumas perguntas e apreciar todo o progresso que tenho feito.

    Aquilo que ainda me causa angústia e confusão é percebido como partes de um processo de mudança que está acontecendo e que vai passar, ainda que demore um pouco.

    Tudo aquilo que impede que eu deixe o tempo correr no seu próprio ritmo, está dentro de mim e que eu sou capaz de mudar e encarar a vida de outras maneiras mais suaves e menos controladoras.

    Tem sido um aprendizado diário e já decidi que vou priorizar nesse ano tudo o que sirva para que eu promova a minha própria cura e me conheça ainda melhor.

    Essas reflexões tem sido o motivo do meu silêncio tão longo.Pretendo compartilhar todo esse aprendizado, e penso que talvez, isso possa ajudar alguém. Se precisar falar comigo é só chamar.

Beijos de luz e paz para todos!!!

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!