E se a gente se desse uma nova chance?

    E se a gente se desse uma nova chance?

    E se a gente decidisse quebrar as expectativas e os padrões?

   E se decidíssemos ouvir mais o nosso coração e menos o que os outros dizem que a gente deve fazer?

   Em termos de relacionamento, há tantos conselhos por aí: o que dizer, como se comportar, como reagir...o que não falar,  como não expressar o que estamos sentindo ou pensando... há tantas regras e protocolos... tenho achado isso muito cansativo.

   Já faz algum tempo, desde que conheci o trabalho lindo da Brené Brown sobre Vulnerabilidade, que me encontrei nesse mundo das emoções. Sou 100% emoção e brutalmente sincera,  principalmente comigo mesma!! 

   Nas minhas relações, digo o que sinto (por mais louco que isso possa ser), sinto tudo intensamente (e às vezes quebro a cara por isso), se me apaixono é fortemente, se tenho vergonha é da mais forte, se tenho medo é algo visceral.

   Colocar-se vulnerável, sob a minha perspectiva, é permitir encantar-se pelas coisas simples da vida: um céu azul, uma comida saborosa, uma música alegre, uma alegria alheia, um livro espetacular, um olhar de um estranho na rua... todas essas coisas me encantam e me resgatam das conversas punks que tenho comigo mesma na minha cabeça (me dou cada bronca!!!).

   Uma vulnerabilidade que deixa a gente inocente e nos dá uma outra perspectiva sobre as coisas da vida: nos traz presente para o que estamos vivendo no momento - sem passado ou futuro... só presença, respiração e coração.

   No último final de semana vivi um momento de profundo encantamento, conheci uma pessoa linda, alegre, e disposta a se conectar comigo. Nunca havíamos nos visto antes mas a conexão foi imediata: conversamos, rimos, dançamos, cantamos e nos divertimos como nunca!!! Nada foi planejado e talvez por isso tenha sido tão legal. Fiquei profundamente agradecida por esse lembrete do universo.

   Ainda bem tem gente tão louca quanto eu e tão disposta a simplesmente se conectar com outras pessoas sem ter nenhuma segunda intenção. Foi lindo e tornou meu final de semana super especial.

    E o que a nova chance tem a ver com tudo isso? Isso só aconteceu porque eu me dei uma nova chance de ver a vida, de sair e conhecer gente nova de verdade, sem segundas intenções e sem esperar nada em troca. Me senti completamente presente e me diverti muito mesmo!!! Me dei uma nova chance: simplesmente aproveitei aquilo que o universo me mandou e fui feliz!!! E me diverti! E ri! E saí renovada e com uma nova amiga!!

   Meu conselho? Sempre se dê novas chances, experimente e veja o que a vida está apresentando pra você agora mesmo!! Pegue os seus limões e faça uma limonada gostosa... quem sabe o que você pode acabar descobrindo???

Muita luz e novas chances pra todos!!!

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!