Pare. Olhe. Aprecie.

Olá queridos... quanto tempo ein...

         Devo confessar que a procrastinação, uma amiga minha de longa data, resolveu parar em mim para uma longa visita. E, como resolveu dar uma esticada, chamou o medo, um dos seus melhores amigos para lhe fazer companhia. E eu, fiquei sentada em silêncio com esses dois, daí o meu sumiço: fiquei adiando, a escrita de um post para o próximo dia, para a próxima semana, para o final de semana... e assim os dias foram passando.

   Quando eu conseguia vencer a procrastinação, o medo surgia com toda a força e semeava mil dúvidas na minha cabeça: sou competente? será que alguém já não disse isso antes? Vou repetir o que todo mundo tá falando... será que tenho algo prá dizer? Tem alguém me ouvindo? E por aí vai...

    Daí, hoje, que estou as voltas com um problemão com o  meu carro, decidi  PARAR, OLHAR e APRECIAR.

     PARAR de agir no piloto automático da reclamação: reclamar porque o carro estragou e porque vou ter prejuízos...

    PARAR de olhar para os acontecimentos na condição de vítima, e sim, pensar na forma como agi para que isso acontecesse.

    OLHAR a situação toda como uma espécie de aviso e lembrete de que é preciso ter cuidado e fazer manutenções periódicas em todas as áreas da minha vida e isso inclui eu mesma.

   OLHAR as pessoas como um olhar menos preconceituoso e esperar sempre e em primeiro lugar aquilo que elas tem de bom para nos oferecer.

   OLHAR os acontecimentos como chances para conhecer coisas novas e como oportunidades de autoconhecimento.

    APRECIAR as pessoas boas que o universo sempre envia se estamos em uma boa sintonia.

   APRECIAR as surpresas e oportunidades que podem surgir em um evento cotidiano.

  APRECIAR o movimento silencioso e cheio de mistério que permeia a nossa vida a todo momento.

Meu conselho é:
                         PARE de tentar ser algo que você não é
                         OLHE a sua vida e as pessoas que estão nela ou que podem estar chegando, com muito respeito, carinho e admiração.
                        E por fim APRECIE: você, sua estoria e as pessoas que estão nela ao seu lado.

Muita luz pra todos.


Uma boa descrição de mim mesma...

Oiii gente boa....
Hoje eu tô assim, meio nostálgica... com saudades de uma pessoa que eu já fui...
Alguém mais alegre, mais otimista e mais conectada... hoje só me sinto cansada... um pouco triste... sei lá...como se tivesse com a minha alegria gasta... Talvez eu só precise de um tempo e um lugar pra me lembrar de quem eu realmente sou...

Muita luz e paz pra todos

Somos poeira de estrelas

Olá meus queridos... aqui estou eu... de volta...
    Hoje venho conversar com vocês sobre o universo e seus mistérios...

      Acredito que somos um momento no universo mas, pensamos ser eternos.

     Quando nosso tempo termina, sendo de maneira repentina ou lentamente, sofremos muito porque nos apegamos a uma única forma de vida: ser uma mulher ou um homem no mundo físico, ter uma família e um trabalho e construirmos uma estoria nossa.

      Quando vejo imagens do nosso universo, aquilo que nossos olhos não alcançam, não tenho como deixar de ficar maravilhada e extremamente curiosa. Maravilhada pela beleza e organização dessa  tantas outras estrelas e milhares de galáxias. Curiosa para saber o que há escondido nesse espaço cheio de segredos.

     Por incrível que pareça, não tenho curiosidade alguma em saber o que há realmente nessas milhares de estrelas e outras galáxias. Para falar a verdade, me sinto parte delas, nem maior nem menor, e sim uma participante de todo esse mistério.

     Percebo que todas aquelas estrelas e universos também estão dentro de mim e que, talvez, sejamos mesmo inseparáveis.

    Assim me sinto mais empoderada e em controle (ou na direção) da minha vida. Posso sempre escolher a forma de interagir com esse universo: posso ser uma protagonista ou me contentar com uma posição de coadjuvante... posso também alternar de posição e,  em uma hora ser agente e em outra apenas observador... essa alternância deve ser dinâmica e constante para evitarmos a tentação de nos comportarmos como pessoas orgulhosas demais que não precisam de ajuda ou, como vítimas da nossa própria vida que estão indefesas e à mercê de tudo o que acontece.


   Repito, então, se somos poeira de estrelas, há algo divino e muito especial dentro de cada pessoa. Há muita luz e muito energia aguardando para serem libertados.

  Liberte a sua luz e se torne a estrela mais brilhante que puder ser.

Muita luz pra todos!!!