Em busca de uma melhor versão de mim mesma!!!

Oi gente boa...
      Aqui estou pra conversar e contar sobre como anda a vida...

      Me sinto melhor em muitos aspectos: estou mais calma, mais concentrada, mais paciente com a vida. Tenho procurado, de maneira contínua, evitar qualquer tipo de reclamação, mau humor ou ressentimento. 

     A vida tem me ensinado que agir assim não adianta muito, e até mesmo acaba por deixar tudo mais confuso, difícil ou complicado. Meu foco tem sido nas coisas boas.
 
     Confesso, sem a menor vergonha, que isso tem sido um desafio, uma luta diária: tentar focar no lado bom da vida não é algo que se começa a fazer de maneira automática, é necessário muita disciplina e um profundo senso de presença. Recaídas serão inevitáveis mas não podemos deixa-las tomar conta dos nossos dias!!

     Já percebo algumas mudanças até mesmo na minha fisiologia: no meu corpo e na forma como tenho respondido aos desafios que a vida tem me apresentado. A cautela, tem sido minha companheira fiel e minha guia em muitas decisões, e assim, eu, que sou uma pessoa 100% coração tenho conseguido agir de maneira mais racional.

     Não renunciei a minha doçura, nem me curei da minha tendência ao sincericídio, só estou mais atenta e mais cuidadosa nas minhas escolhas, de modo que consigo enxergar com mais clareza os efeitos das minhas decisões.

    Se estou realmente melhor, só quem convive comigo pode dizer. Da minha parte só posso afirmar que me sinto bem mais equilibrada e em controle das minhas emoções, e isso, me torna uma pessoa melhor.

   Ainda tenho meus medos e minhas inseguranças mas, agora, já estou mais familiarizada com eles, e já conheço os gatilhos que os acionam e de que modo posso fazer com que se calem.

   Aprendi que acima de tudo eu preciso ter fé em mim mesma e ouvir o que o meu coração tem pra me dizer sem esquecer de pensar um pouco sobre tudo.

  Nem tudo tem saído como eu planejei mas quem sabe é esse mesmo o plano? Quem vai saber?

Muita luz e sabedoria pra todos!!!

Como ondas em um lago




    Cada vez mais eu tenho uma certeza: todas as nossas ações geram uma cadeia de acontecimentos sobre os quais nem sempre temos controle....uma simples atitude hoje pode mudar o teu destino e a vida de muita gente.

     Fico pensando, o quanto tudo era mais simples quando essas coisas todas não estavam tão claras pra mim... havia muito mais espaço pra incoerência e inconsequência, mas agora... agora tudo mudou. Sei que cada ato meu tem um efeito na minha vida e no meu mundo e isso aumenta muito mais a minha responsabilidade. 

    Por isso, ando pensando muito mais antes de agir e escolhendo com muito mais critério as batalhas nas quais eu quero me envolver e quais camisetas e causas eu quero defender.

     Como eu já disse uma vez, todos os dias, durante as minhas preces, eu peço coerência: coerência entre as coisas que eu acredito e aquilo que eu faço, coerência entre os meus sentimentos e os meus atos, coerência entre a minha mente e o meu coração.

    Não posso terminar esse post sem citar uma das frases mais lindas que eu já ouvi e que é um dos meus mantras:
Acima de tudo, sê fiel a ti mesmo. Shakespeare.

Muita luz e coerência pra todos.

Abraça-me agora!!! Efeitos de um abraço sincero

Olá gente boa...
    Sou eu aqui, em plena segunda-feira, abrindo o meu coração pra vocês.

    No último final de semana, eu recebi um presente muito bonito e muito importante.

       Eu abracei alguém que é muito especial pra mim. Da minha parte, foi um abraço muito sincero, um abraço longo, um abraço falante, que foi capaz de transmitir um monte de coisas que eu queria dizer mas não tinha palavras suficientes. Não sei se isso já aconteceu com vocês : há tanta coisa pra ser dita que a gente nem sabe como ou o que falar primeiro, então o melhor é não dizer nada mesmo... deixar apenas o coração falar.

    Esse abraço foi assim: um coração conversando com o outro e o que ouvi foi muito amor e muito carinho. Uma comunicação silenciosa que foi capaz de dizer tudo o que eu estava sentindo... me senti muito feliz, muito plena e muito presente: por uns breves instantes tudo o que eu ouvia e sentia era apenas os dois corações batendo em um mesmo ritmo e foi lindo!! 
       Essa experiência foi tão forte e tão intensa que conseguiu me mostrar um bloqueio que eu possuo e que vou começar a trabalhar para que isso mude... foi demais... pelo menos pra mim. Até agora sinto o calor e o carinho todo que foi trocado naquele abraço... e me lembrar disso me faz sorrir... e me faz sentir viva e conectada.

    Tenho os pés no chão, e sei, que talvez, tenha sido apenas um abraço para a outra pessoa, mas para mim, foi uma porta que se abriu e pude descobrir um novo mundo cheio de possibilidades...

       Meu conselho prá hoje é que vocês recebam e distribuam abraços sinceros porque fazem bem pra alma e nos mostram o quanto a vida pode nos proporcionar momentos de beleza e ternura.

Muita luz e muitos abraços!!!

Descontrole da Crespa!!!: Música da hora!!!

Descontrole da Crespa!!!: Música da hora!!!: Oi gente...       Final de semana lindo por aqui... cheio de sol e calor!!!      Dia perfeito para ir a praia e pra curtir com os amigos...

Música da hora!!!

Oi gente...

      Final de semana lindo por aqui... cheio de sol e calor!!!

     Dia perfeito para ir a praia e pra curtir com os amigos ou consigo mesma ( no meu caso)..
     Podem até me chamarem de louca ou anti-social... mas adoro ficar comigo mesma na minha casa, lendo, escrevendo, arrumando alguma coisa ao som de uma boa música...

     E por falar no assunto, tem uma música que não sai da minha cabeça... é uma baladinha suave e a letra é super inspiradora e tem tudo a ver comigo agora.... Afinal tudo o que eu quero agora é paz: no coração, na alma, na vida...acredito que com paz, tudo vem e tudo flui.

     Estar em paz requer estar confortável consigo mesma, com quem a gente é, e de alguma forma, se querer tão bem que estar na própria companhia é o máximo. Eu, hoje tô assim, no meu canto, no meu reino, feliz e confortável com todas as minhas vitórias...

     Confere aí que som legal esse do Projota:



Muita luz e muita paz pra todos!!!

Estou cansada - minhas dicas pra combater o cansaço

        Sim, gente é verdade... hoje é só quinta-feira e eu já estou me arrastando...

        Que coisa!!! Cansaço mental e físico tudo junto... 

         Alguma vez vocês já se sentiram assim?? Querendo que o tempo voe pra chegar em casa e se jogar na cama??? Pois é... fazia muito tempo que eu não me sentia assim...

    Eu sei que não adianta nada ficar reclamando, mas, penso que posso desabafar, conversar mesmo que seja em monólogo.. isso já adianta um pouco.

    Já li por aí que o corpo da gente funciona como uma máquina, e se isso for verdade, vou precisar urgentemente encontrar um mecânico porque sinto que tem algo hoje que não tá funcionando muito bem...

    Por hoje, eu só queria ter ficado em casa, com a minha filha ou mexendo nas minhas plantas...
Desconfio que em algum nível, todo esse meu cansaço seja de gente!!! Gente sem qualidade que deixei entrar na minha vida e ocupar um espaço no meu mundo... fazer o quê? Eu tenho fé nas pessoas e esperança na vida... procuro dar sempre o meu melhor e espero o mesmo dos outros...

      O jeito vai ser tomar um bom banho e sacudir a poeira... mandar a preguiça embora... embora o cansaço seja grande, a vontade de viver tem que ser maior que tudo .
    Ler um bom livro ou ver um filme engraçado, essas coisas talvez me ajudem...
    Comer um chocolate e ver um desenho do Bob Esponja...
    Colorir um desenho ouvindo uma música legal...
   Receber uma massagem ou simplesmente colocar os pezinhos de molho;
    Tomar um sorvete;
   Experimentar uma receita nova;
   Conversar com um amigo;
   Dar uma boa caminhada;
   Fazer uma prece;
  Organizar uma gaveta;
  Escrever uma carta.

  Uma coisa é certa... ficar parada não quer dizer que a gente vai conseguir descansar, e talvez o que falte seja conexão... conectar-se com alguma coisa maior que faça sentido pra gente e nos lembre quem a gente é e o que está fazendo no mundo...

Essas foram as minhas dicas... tentem aí e depois me contem se funcionou pra vocês!!!

Muita luz, amor e conexão pra todos!!

O que a chuva pode vir a nos ensinar!!!

Oi gente boa.... tô de volta!!
      Hoje venho aqui contar pra vocês sobre uma viagem que fiz no final de semana passado. Fui até uma outra cidade para celebrar a formatura de um parente.

     Mas... comecemos de uma outra forma...
     Final de semana passado fui cumprir um desses eventos sociais/familiares que,de vez em sempre, a gente precisa ir: fica bem pra tua imagem com a tua família, rever as pessoas, colocar as conversas em dia, rir um pouco ou simplesmente passar um tempo junto a pessoas das quais gostamos e que fazem parte da nossa vida. Dizem por aí que família a gente não escolhe, e sim, ela que nos escolhe e acolhe (ou não). Trata-se de um exercício de convivência e negociação, por que, às vezes, a gente precisa fazer coisas que não fazem muito sentido mas, que são necessárias para que possamos nos sentir parte de uma família.

     E a chuva? Vocês devem estar se perguntando?Calma povo... chegaremos lá!!

      Bom, a data de saída da minha cidade foi decidida meio em cima da hora a fim de que eu pudesse viajar em comboio junto com a minha irmã. O dia estava estupidamente quente e abafado. Até a gente se organizar pra sair já eram quase duas da tarde, e essa viagem leva, com tempo bom umas três horas, aproximadamente.

      Pois bem, finalmente conseguimos pegar a estrada e o tempo começou a fechar... mas pensem bem... uma tarde linda virando quase noite, e ao olhar pra frente da estrada, o que se via era um conjunto de nuvens super densas, cinzas e carregadas. Fomos seguindo sempre em frente...
       Ao adentrarmos naquelas nuvens uma chuva torrencial começou... era praticamente impossível enxergar qualquer coisa direito na frente e o limpador de parabrisas mal dava conta do recado. Havia três alternativas possíveis: parar no acostamento (e se colocar em risco de um possível acidente), dar volta pra casa (outra alternativa arriscada, visto que teríamos que fazer uma manobra na estrada), e por último, a mais arriscada, continuar a viagem. Adivinhem qual a que eu escolhi???

      Quem me conhece sabe bem o quanto dirigir não é algo que me agrade muito mas... vendo minha irmã corajosamente continuando, decidi continuar também. Confesso a vocês que eu estava cheia de medo e me agarrando na direção do carro com toda a força possível, respirando fundo e mentalizando apenas coisas boas (mas tava me borrando de medo!!)... 

       No meio de tudo isso pensei que, às vezes, a vida da gente também vira um temporal e não conseguimos enxergar nada direito...tudo fica confuso e ficamos cheios de medo... dá vontade de parar no acostamento da vida mas, a vida não para!!! Eu pensei em quantas tempestades tive que enfrentar e de que maneira consegui sobreviver a tudo... e pude perceber que na maior parte das vezes, optei por continuar, mesmo com muito medo e bem devagar, e que, assim como na tempestade da estrada que enfrentei, aprendi a me conhecer muito melhor e que continuar sempre é a melhor opção!!!

     Meu aprendizado foi o seguinte: nas tempestades que a vida te apresenta, não se deixe abater, não opte pelo acostamento e sim apenas diminua a velocidade porque, como tudo na vida...isso também vai passar!!!

Muita luz e aprendizado pra todos.



Feliz ano novo!!!

Bem vindo 2016....
Demorei mas tô de volta...
        A cabeça fervilhando de ideias e o coração pulsando a mil...
      Volto pra cá, pra voltar a conversar e compartilhar com vocês tudo que está passando na minha cabeça...
     O meu sumiço foi fruto de muitas coisas: medo, vergonha, raiva, apaixonites, dores diversas, interesses mil...

      Eu tava esperando a minha vida dar uma desacelarada e tudo ir pro lugar pra começar a postar de novo... que ilusão... tadinha de mim... se eu for esperar as coisas se acalmarem já vi que tô ferrada de verde e amarelo...

    Entonces... vamo lá... vamos do jeito que dá... vamos deixar toda essa inércia pra trás e começar a contar um pouco do que eu ando pensando...
    Uma palhinha já posso adiantar... tô em uma fase de escolhas: mais saudáveis, mais felizes...menos se adaptar aos outros e mais escolher o que me faz bem.

    Nesse período todo de silêncio virtual, aproveitei pra me conhecer melhor, escutar o que o meu corpo e o meu coração estão me falando e realmente tentar coisas novas... sim, eu... aquela pessoa que não gostava nem um pouco de mudanças, tá tentando mudar isso, e aprender que as mudanças são necessárias e importantes... de nada adianta resistir e fazer cara feia... esse é o prato do dia e vamos saboreá-lo do melhor jeito que der, se não gostamos de alguma coisa, vamos colocar ela do lado e depois tentamos aproveitá-la...

     Me afastei de muitas pessoas, algumas até sobre as quais falei por aqui, não foi muito legal, mas extremamente necessário para dar espaço para outras pessoas e experiências... e tenho aprendido muito a cada dia...

    Virei uma pessoa que medita todos os dias e que não come muita carne. Parei de beber e de me colocar em situações sofridas... ando pensando muito mais antes de fazer alguma coisa... mas não me tornei uma covardona não senhora... só tô mais seletiva e escolhendo melhor quais são as lutas pelas quais devo me empenhar. 

     Deixei de levar a vida tão a sério, mas, não parei de me levar a sério: pensar e sentir profundamente e decidir se algo vai me fazer mais bem do que trazer prejuízos...

     Tenho recaídas: me fecho no meu mundo. Choro (muito pouco é verdade) e até me permito dizer uns palavrões eventualmente.

    Tomei algumas decisões e estabeleci um norte bem claro para as minhas atitudes, comportamentos e decisões. Não deixo de explorar coisas novas, mas procuro por coisas que não me afastem ou desviem do que eu considero importante...  e tá funcionando?? Bom tenho tido mais aprendizados e me culpado menos quando as coisas dão errado... eu penso que sempre vai passar... e isso tem funcionado!!

     Penso que, quando parei de correr atrás das borboletas e comecei a cultivar o meu jardim, comecei a ser muito mais feliz e as borboletas começaram a surgir...

Muita luz e muitos aprendizados