Mudanças...

Sobre mudanças...
      Quem me conhece e já conviveu comigo sabe o quanto as mudanças me incomodam... só de ouvir a palavrinha minhas mandíbulas já começam a ficar rígidas e o pescoço tenso... sempre foi assim...
    Mudar sempre foi sinônimo de incomodação e muito trabalho mental e físico..
    Pois bem... há algum tempo resolvi fazer várias mudanças na minha vida... e posso dizer hoje, que passado os primeiros momentos de resistência, o resto flui e a sensação no final é muito recompensadora...há muita felicidade e alegria do lado de lá...depois da mudança.
    Depois de um ano de muitas mudanças em várias áreas da minha vida, posso dizer que tive muitos términos e vários recomeços e muito aprendizado.
     Hoje procuro fazer escolhas mais alinhadas que não firam meus princípios de paz e tranquilidade (que agora são prioridades na minha vida!!) e escolher muito bem quais são as batalhas que valem a pena ser travadas...
    Se eu tiver que dar um conselho é o seguinte: mudar nem sempre é fácil ou prazeiroso mas sempre traz novos ventos e perspectivas que fazem com que todo o trabalhão que a mudança causou valha a pena; por isso mude sempre, mude agora , mude já!!

Muita luz e muitas mudanças pra todos.
Laís Ribeiro

Reconstrução

        Em modo reconstrução... assim que eu estou agora...
Em um momento de reforma e refazer...

      Aos poucos, estou fazendo mudanças na minha vida em todo os aspectos: físico, espiritual e emocional.

       As mudanças físicas são apenas um reflexo de tudo o que está acontecendo por dentro. Tenho optado por ingerir alimentos mais saudáveis e mais naturais e evitado tudo o que pode vir a me alterar de alguma maneira. Estou reescrevendo a minha estoria e a minha relação com a minha alimentação: estado mais atenta aquilo que o meu corpo indica estar necessitando. Incluí também uma rotina de atividades físicas e aquilo que todo mundo diz também se aplica a mim: o corpo é uma máquina... e precisa de atenção e cuidado constantes... nessa onda tenho explorado as possibilidades físicas do meu corpo e me surpreendido com os resultados... a gente sempre pode mais...

     Em termos espirituais... digamos que estou fazendo as pazes comigo mesma... me perdoando mais... e me permitido conhecer outras possibilidades, e nesse aspecto, a meditação diária tem sido uma das formas mais bonitas e mais completas de resgatar a minha espiritualidade. E também aqui, tenho procurado estar muito atenta: aos meus pensamentos e a forma como influenciam minha forma de ver o mundo e o efeito que causam nas minhas atitudes e comportamentos.

    E no campo emocional, talvez tenha sido a maior mudança: tenho mantido uma atitude atenta aos meus sentimentos, e se, percebo alguma forma que algo pode vir me prejudicar, me afasto imediatamente...me recuso a enfrentar situações ou relacionamentos que possam a vir me prejudicar e perturbar a minha paz... às vezes, devo confessar, me sinto tentada a voltar a essas situações de conflito e sofrimento... mas respiro fundo e me recordo dos estragos dos últimos tempos...

      A vida tem se apresentado bem intensa ultimamente, mesmo assim, tenho conseguido me manter fiel a uma promessa que fiz para mim mesma: não quero mais relacionamentos que me façam sofrer - eu não preciso e não mereço isso.

Desejo a todos muita luz e muitas reconstruções!!!

Laís Ribeiro