O poder de um abraço

       Abraçar alguém é um dos atos de amor mais bonitos e mais poderosos que alguém pode fazer...
      Existem abraços de vários tipos: formais, frouxos, protocolares, envergonhados... e outros mais poderosos, mais firmes, longos e apertados, apaixonados, envolventes e doadores de amor e energia.
      Sobre os primeiros, acredito que já estamos todos familiarizados, e, se bobear, a maior parte dos abraços que trocamos ao longo da nossa vida foram do primeiro tipo: exigências familiares ou sociais, trocados apenas para agradar alguns e cumprir expectativas alheias...
      Eu, sinceramente acredito que a maioria das pessoas recebeu pouquíssimos abraços do segundo tipo. Vamos chamar de Abraços de Coração, no qual, os corpos se tocam mas são almas que se encontram e se entrelaçam. Nesses tipos de abraços, palavras são totalmente desnecessárias porque os dois corações estão em um diálogo tão profundo e tão sincero que os corpos estão simplesmente servindo de canais para que a energia do diálogo se estabeleça. São mais longos e mais apertados e íntimos que
os do primeiro tipo: exigem, uma doação e uma entrega sincera daqueles que estão envolvidos. Confesso que são poucas pessoas que recebem abraços meus desse tipo, porque há tanta doação e entrega que nem todos são capazes de compreender e há um altíssimo risco de que sejamos interpretados de maneira errada.
     Nessa semana eu tive o privilégio de abraçar uma pessoa assim... saí de alma renovada e.... sorriso no rosto... cheia de energia boa!!!

Muita luz e muitos Abraços do Coração pra vocês!!
Laís Ribeiro

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!