Aprenda a responder... não a reagir

Oi gente...
        Hoje vi essa mensagem e senti que ela falava comigo: não aprenda como reagir, aprenda como responder
       Li isso e fiquei pensando que, na maior parte do tempo, passamos muito mais reagindo aos fatos que nos acontecem do que procurando aprender o que eles estão tentando nos dizer ou nos ensinar.
        Fomos condicionados, possivelmente pelo nosso sistema escolar, a responder a tudo o que nos acontece: a sempre ter uma resposta pronta pra tudo, mesmo que não seja uma resposta sincera ou que não faça nenhum sentido para nós. 
        Se alguém nos critica, prontamente respondemos nos justificando ou acusando o outro de nos tratar de uma forma injusta.Se nos elogiam, costumamos desconfiar das intenções de quem nos elogia ou simplesmente não aceitar o reconhecimento por algo que alcançamos por nossos méritos e esforços. É difícil não reagir: estamos acostumados a pensar que o mundo sempre estará esperando algum tipo de resposta nossa.
         Penso, então, quantas coisas deixamos de aprender e desfrutar por que não aprendemos a lidar de forma sadia com as interações que temos com o mundo. Parece não haver tempo para desfrutar dos aprendizados, por mais duros que nos pareçam ser, e assim, de erro em erro, continuamos insistindo em uma vida sem sentido que só nos machuca. Insistimos em empregos que nos fazem infelizes, em modos de vida que não nos parecem os mais adequados para a gente (escolhemos por critérios errados nossa "religião", nossos amigos, onde moramos, como nos alimentamos, como cuidamos de nosso corpo..), em relacionamentos com pessoas que não nos valorizam ou mesmo se importam conosco, movidos muitas vezes por instintos de vaidade e resposta. Há pessoas, me arrisco dizer, e por momentos me junto a esse grupo, que simplesmente não vivem, apenas reagem: reagem as circunstâncias e vão sobrevivendo em um modo de vida conhecido como piloto automático.       
            A vida perde todo o brilho e passamos o tempo todo correndo para tentar satisfazer um grande vazio que se cria dentro da gente; vale tudo: comida, bebida, remédios, pessoas, cigarros, outros empregos, amantes... e por aí vai... tudo para tentar preencher um vazio que cada vez aumenta mais.
         Uma saída me parece ser aprender a escutar a si mesmo e as lições que a vida a cada momento nos apresenta. Dar um tempo para perceber o que merece e precisa ser respondido e qual a melhor maneira de fazê-lo. Uma coisa é garantida: a pressa vai nos levar a responder de maneira inadequada,pois, como se diz por aí, todas as coisas na vida tem um tempo, e há um tempo para cada coisa. 
           Desejo a todos uma vida plena de momentos de aprendizados e respostas sem pressa, porque acredito que a beleza da vida está em esperar e procurar pelas respostas e não apenas responder.

Muita luz e respostas para todos!!!!
Laís Ribeiro.

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!