A grande arte da costura

         Eu sempre gostei de costurar. Não sou uma costureira de mão cheia, como se diz por aí, mas faço as minhas costurinhas....gosto de me sentar na máquina e costurar alguns panos e pensar sobre a vida... sobre o modo como os fatos são costurados na grande colcha de retalhos que é a minha vida.                                                                                                                                                                    Tem alguns pontos tortos, alguns tecidos estão costurados com pontos mais soltos e há fios sobrando com certeza... mas essa é a minha costura... feita com todo o amor possível.
           O meu coração já foi rasgado muitas vezes. Já foi arranhado. Roubado. Mas eu o recuperei mesmo tendo demorado um pouco. Me refiz e o recosturei com novos tecidos, porque afinal, como diz a imagem acima a vida é feita de recomeços. Aprendi que por mais que a costura pareça solta e sem forma, no final tudo acaba bem.

Muita luz e muitas costuras pra todos!!!
Laís Ribeiro

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!