Medo do escuro

        Uma das heranças menos legais da minha separação, foi um medo de dormir no escuro. A escuridão e o silêncio sempre foram necessários para que eu tivesse uma boa noite de sono. Sempre foi assim.
        Depois  da separação comecei a ter medo de dormir no escuro.  Sempre penso que algo ruim pode acontecer comigo  ou com a minha filha, como se eu fosse fazer uma grande bobagem.
         Um medo bobo e bem primitivo do qual não consigo me livrar, como se fosse uma fase de um jogo que ainda não estou pronta pra ultrapassar,um portal para um monte de coisas novas e desafiadoras.
      A luz que fica ligada toda a noite serve pra me lembrar que toda a escuridão  sempre  tem um fim e enquanto  ela não chega sempre haverá os paliativos...algo pra diminuir a dor e a escuridão.
     Já faz mais de dois anos que  me separei mas tem horas que parece que foi ontem . Sei que muita coisa eu já consegui superar....enquanto outras continuam a me dar medo.
     Penso que isso possa ter a ver com a minha necessidade de controle das coisas e com o fato de que agora eu sou o comandante  e o imediato  do meu navio e que não  há  mais nenhum  copiloto ou ajudante,e,daí, quanto mais rápido eu puder reconhecer  a situação, mais rápido vou poder começar a trabalhar na solução.  Ao mesmo tempo,isso  revela  a minha fragilidade e um forte desejo de proteção.  Isso  tudo é muito  louco e muito  delicado  de lidar.
     Portanto, eu admito ter muito medo  de  dormir no escuro. É algo muito pessoal e vou precisar do meu próprio tempo e ritmo para supera-lo. Não me apressem!!!

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!