Porque é tão difícil se amar... algumas reflexões

        Nessa semana ouvi muitas músicas.. eu sempre gosto disso... trilhas sonoras pra tudo. Bom, eu sempre ouvi as músicas que falam de amor e pensei em outras pessoas... de maneira que essas músicas sempre fazem a gente pensar que só se pode amar os outros e não a nós mesmos. Elas falam sobre perdão, sobre aceitação,sobre entrega e automaticamente somos levados a pensar que isso só pode acontecer em relação com outras pessoas e não apenas com nós mesmos.

      Hoje resolvi pensar sobre isso, e sem me demorar muito consegui encontrar muitas razões para isso. Então a seguir listo alguns motivos pelos quais é tão difícil se amar:
- por que convivemos conosco por tanto tempo;
- por que estabelecemos a nossa "identidade" sempre em relação a um outro externo a nós;
- por que temos a necessidade básica de sermos amados e aceitos por todos;
- por que ninguém nos ensina a importância e o "empoderamento" que amar a si mesmo produz;
- por que isso produziria pessoas autoconfiantes e seguras de si, e, o "mercado" não precisa de pessoas assim;
- por que fomos ensinados a ver/reconhecer só os nossos defeitos e a "ser humilde";
- por que a aparência é mais valorizada que o conteúdo: é mais "importante" parecer bem, saudável, em forma, sedutor, amado do que realmente sentir-se bem dentro da sua própria pele;
- por que amar a si mesmo é um trabalho difícil, ingrato e de longo prazo;
- por que temos dificuldade em nos aceitar!!! E ninguém nos ensina a nossa importância no universo (seria um trabalho de auto descoberta?).

E o que pode ser feito pra mudar isso?

- autoanálise : se ouvir com carinho e paciência;
- parar de se comparar: cada pessoa é uma parte do universo, cada uma com sua importância;
- celebrar todas as suas vitórias; 
- baixar o volume da voz interna de autocensura;
- estimular a sua criatividade;
- ler;
- conversar e conhecer outras pessoas;
- ser mais paciente consigo mesmo;
- arriscar mais: abandonar (nem que seja por uns poucos minutinhos) sua zona de conforto;
- parar de se preocupar com que os outros vão pensar (afinal isso não está sob o nosso controle mesmo!!);
- evitar pessoas e situações que nos afetem de maneira negativa;
- se olhar no espelho com carinho e respeito: por que TODAS AS PESSOAS merecem RESPEITO!!! Respeite as suas dores e cicatrizes, elas fazem parte do todo que você é;
- trace metas e trabalhe com afinco para que se realizem;
- se "presenteie" sem ocasião especial;
- conheça suas fraquezas e não se coloque em perigo;
- medite;
- aproveite a companhia de pessoas que lhe fazem bem;
- confie nos seus instintos;
- reconheça a hora de deixar alguma coisa ir - saiba a hora certa de tirar seu time de campo;
- não abra mão de seus valores:aquelas coisas que você considera muito importante para a sua felicidade;
- se coloque em primeiro plano com mais frequência;
- valorize o seu trabalho e imponha limites;
- tenha FÉ EM SI MESMO.
     Acredite que é melhor arriscar do que nunca tentar e que às vezes, é preciso errar muito até acertar.
E, mais do que tudo, lembre-se que na vida ninguém nasce sabendo a gente vai aprendendo na medida em que se desafia.

Muita luz pra você!


Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e um endereço de contato pra gente se falar!!!